quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Mamãe é Ser Humano

Quem como eu nasceu após a invenção do divórcio, já passou ou viu de perto o que vou relatar.
Sua santa mãezinha que foi tão maltratada e chifrada pelo grande herói que é seu pai, após algum tempo digerindo a separação aparece com um pedófilo (eu sei que a palavra não cabe aqui, mas não achei nada mais abominável) em casa e ainda tem a cara de pau de chamá-lo de namorado ou pior amor.
PQP, amor não era eu e no Máximo meus irmãos, amor o Caramba é salafrário o nome desse pedófilo.
Ai ela começa a querer te comprar com compreensão, presentes, carinho e outras coisa que você já tinha de graça, como essa primeira tentativa não funciona, ela parte para psicologia, primeiro a barata tipo a mamãe também tem direito a ser feliz.
É CLARO QUE NÃO, todo mundo sabe que ser mãe é padecer no Paraíso, mesmo que ela more em Moema ou outro bairro.
Depois vem a conversa que você vai casar e constituir sua família e eu vou envelhecer sozinha.
Poxa ai você tem que aguentar alguém levando sua mãe pra cama e ainda rindo de você, é isso mesmo, já percebeu que toda vez que eles vão sair e voltar tarde ele te cumprimenta com um largo sorriso no rosto, tipo "é garoto to comendo", falo isso com propriedade porque já namorei uma mulher que tinha filhos de outro casamento.
A vontade é dar veneno de rato pro desgraçado e velo morrer agonizando e espumando pela boca.
E quando o inominável, pé de bode, coisa ruim começa a levar sua mãe em viagens que você não pode ir, ninguém merece tanto sofrimento e provação, o pior é que a egoísta de tão feliz nem percebe seu calvário.
Como é difícil ser humano, os animais que são felizes, desmamou tchau nem dá tempo de se apegar.
O jeito é ficar torcendo pra não dar certo, porque daí pelo menos você vai ter o ENORME prazer de falar:
- Eu avisei que ele não prestava...
Posto receita de Camarão ao molho Gruyère por um simples motivo o namorado da mãe da Carol não gosta.

CAMARÃO AO MOLHO GRUYÈRE
Ingredientes:
Para o camarão
10 camarões grandes inteiros
15g de manteiga
30 ml de conhaque
Sal
Pimenta do reino moída na hora

Para o molho
400g de queijo gruyère ralado
200g de queijo parmesão ralado
300 ml de creme de leite fresco
60 ml de vinho branco seco
100g de cebola picada finamente
100g de manteiga sem sal
600 ml de caldo feito com as cascas e cabeças do camarão

Modo de Preparo:
Molho
Em uma caçarola derreta a manteiga e doure a cebola, em seguida coloque o vinho e espere começar a evaporar junte os queijos e mexa até que derretam.
Adicione o caldo de camarão em fogo baixo, deixe reduzir um terço tomando cuidado para não pegar no fundo da panela assim que engrossar junte o creme de leite fresco e reserve.

Camarão
Só na hora de servir derreta em uma frigideira a manteiga coloque os camarões já limpos e temperados com sal e pimenta do reino e assim que começarem a mudar de cor junte o conhaque e flambe.
Esquente o molho e despeje sobre os camarões, sirva com arroz e batata palha.

6 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkk, Édipo, terapia URGENTE!
Andréa

Claudio disse...

SRSRSRS ta vendo, como sem querer acabamos por nos entregar.

Ione disse...

Minha mãe tem 75 e o namorado 81, tá bom pra vc? hahahahaha
Ione

Claudio disse...

Ione que desespero, o martirio não termina nunca.

Luci disse...

que menino mais ciumento :D deixa a mamãe viver!!!!! haha

Claudio disse...

O Luci nem é a minha, edcrevi pra mãe da minha namorada.
mais no fundo falei de um sentimento que todos temos em menor ou maior escala.

Postar um comentário

É terminantemente proibido copiar os artigos deste blog. Leia a nossa licença.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do código penal. Conheça a Lei 9610
.